// Telefones
 
PABX (Horário Comercial)
(21) 2537-1656

Atendimento (Horário Estendido)
96482-3285, 96484-9950

Nextel
32*189363 / 32*221613
* prefixo +55 21
// Endereço
 

 

Glossário

Clique para abrir ou fechar esta categoria

ABNT - sigla da Associação Brasileira de Normas Técnicas, responsável pelas normas e padrões técnicos que devem ser observados em diversos tipos de produtos e atividades, incluindo a projeção cinematográfica.

AC - abreviação de Corrente Alternada, a partir do termo equivalente em inglês. É o tipo de corrente normalmente recebida das companhias de eletricidade.

Acústica - parte da ciência que trata dos fenômenos associados ao som.

Ampère - unidade utilizada para expressar a magnitude de um fluxo elétrico.

Amplificador - equipamento eletrônico destinado a amplificar a intensidade dos sinais de áudio e fornecer a potência suficiente para fazer funcionar os monitores de áudio.

Ângulo de projeção - Ângulo formado entre o eixo ótico de projeção e um reta ou plano de referência.

ATSC (Advanced Television Systen Commitee) - Padrão Americano de TV Digital. Foi o primeiro sistema a ser desenvolvido e tem como principal aplicação a TV de alta definição (HDTV). É o único a usar a modulação 8-VSB. Não é compatível com o sistema brasileiro de TV Digital.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Bandor - conjunto de painéis móveis fixados ao refletor para controle das dimensões do feixe luminoso.
Base - Camada da película cinematográfica utilizada como suporte da emulsão da película. Também chamada “suporte”.

Batoque - cilindro de plástico no qual se enrola a película cinematográfica de 35 mm, para armazenagem e transporte.

Betacam - (oxide Betacam) Formato analógico utilizado no segmento profissional. Criado pela Sony em 1982, utiliza fita de 1/2 pol (+/- 13 mm), com cassete e meio de transporte de fita similar ao antigo formato Betamax , porém gravando o sinal de vídeo no sistema componentes e com velocidade de deslocamento da fita em relação às cabeças 6 vezes maior.. Com este formato a Sony introduziu as primeiras camcorders (junção de camera com recorder, que eram, até então, equipamentos separados).

Betacam SP - formato analógico utilizado no segmento profissional, criado pela Sony em 1987. Ao contrário do formato Betacam, que utiliza fita de óxido de ferro (daí o nome oxide Betacam), o formato Betacam SP usa fita do tipo MP - metal particle. Utiliza fita de 1/2 pol (+/- 13 mm).

Betacam XS - formato digital utilizado no segmento profissional. Criado pela Sony nos anos 90, utiliza fita de 1/2 pol (+/- 13 mm).

Bitola - medida da largura da película cinematográfica, de uma extremidade à outra.

Bobina - também chamada “carretel”, é o suporte no qual é enrolado o filme para projeção, transporte e armazenagem.

Boom - haste na qual é suspenso o microfone, utilizada para seguir os movimentos dos atores.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Cabeça giroscópia - cabeça de tripé de câmera comportando um mecanismo giroscópico interno que tem por objetivo assegurar a uniformidade do movimento da câmera.

Cabeça magnética - componente do projetor utilizado para leitura da trilha sonora magnética dos filmes.

Cabela à fricção - cabeça de tripé com mecanismo de fricção regulável, usada para se obter movimentos suaves de câmera, no sentido vertical ou no sentido horizontal.

Câmera aérea - câmera de cinema projetada para realização de efeitos óticos (trucagens) quando uma imagem aérea é refotografada.

Canal Digital - Canal de 6MHz destinado à transmissão do sinal digital. Será emprestado pelo governo as emissoras que já possuem licença de TV aberta que atenderem as exigências estabelecidas.
Candela - unidade internacional de medida de luminância. Seu símbolo é “cd”.

Carretel (ou bobina) - carretel plástico ou metálico com flanges protetoras usadas para se enrolar o filme.
Carvão - eletrodos de grafite ou outras formas de carbono, utilizados nas lanternas antigas, chamadas “de carvão”, como fonte de luz da projeção.

Change-over - termo em inglês para designar a inversão, ou troca, entre projetores durante a projeção de um filme.

Chapéu-alto (hi-hat) - suporte especial de câmera que permite posicioná-la a poucos centímetros do chão.
Chefe eletricista - chefe da equipe de elétrica do set de filmagem.

Cinemascope - também chamado “Scope”, é o mais popular dos formatos chamados “panorâmicos” em 35 mm. Utiliza uma lente “anamórfica, na filmagem e na projeção, com formato igual a 1:2,35.

Cintilamento (ou flicker) - variações perceptíveis na intensidade luminosa da imagem projetada na tela. O mesmo que “flicker“.

Claquete - dispositivo que consiste em dois pedaços de madeira unidos num extremo por uma dobradiça e pintado com listras brancas e pretas alternadas. É mantido à frente da câmera e do microfone e estalado quando o equipamento começa a ser utilizado. O estalo e a imagem das posições relativas das duas madeiras identificam a sincronização correta do som e imagem.

Coladeira - equipamento utilizado para emendar as extremidades da película cinematográfica.

Contra-grifa - pino, ou pinos, que se encaixam nas perfurações do filme para mantê-lo imóvel durante o tempo de exposição.

Contra-regra - pessoa encarregada dos acessórios ou objetos necessários à ação do filme.

Cópia - cópia de um filme, produzida a partir de um negativo ou de um filme reversível.

Cópia de trabalho - cópia positiva contendo os planos do filme em finalização, utilizada pelo montador para realizar seu trabalho.

Cópia "0" (cópia "zero") - cópia destinada à verificação e à aprovação dos serviços de laboratório.

Copiadora com janela molhada - copiadora na qual o filme é recoberto ou imerso em um líquido especial durante a copiagem, a fim de reduzir a um mínimo os arranhões do negativo sobre a cópia.

Cross-over - equipamento eletrônico utilizado para separar o sinal sonoro em diferentes faixas de freqüência.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Datacasting - É a transmissão de dados para interatividade, relacionados ou não à programação, para as TVs Digitais. As transmissões de datacasting são do tipo one-to-many, ou seja, um mesmo conteúdo é transmitido para diversos espectadores, que podem escolher que informações preferem acessar.

dB - símbolo de decibel.

dc - abreviação de corrente contínua, do termo em inglês, designando um tipo de corrente elétrica que flui em um só sentido, como o necessário para funcionamento das lanternas a xenon ou “carvão”.

Debitador - tambor dentado utilizado no projetor para tracionar a película cinematográfica durante a projeção.

Decibel - unidade utilizada para expressar o nível de pressão sonora, cujo símbolo é “dB”.

Decupagem - É a ordenação do roteiro dramático num story board detalhando plano a plano o filme proposto. É a forma visual do roteiro literário, da qual participam o diretor, o diretor de produção, o continuísta e o diretor de fotografia.

Definição - É o nível de detalhamento que a imagem pode possuir. É medida em número de linhas horizontais x número de pontos em cada linha (pixels), padronizada no sistema ISDB para receptores fixos em: 480 linhas x 720 pixels, 720 linhas x 1280 pixels e 1080 linhas x 1920 pixels; e para receptores portáteis em: 352 x 288 (CIF), 320 x 240 (4:3 QVGA), 320 x 180 (16:9 QVGA), 160 x 120 (4:3 SQVGA) e 160 x 90 (16:9 SQVGA).

Definição do televisor - É a definição que o televisor ou monitor de TV foi projetado para exibir. Caso a definição do sinal recebido seja maior ou menor que a definição nativa do televisor ou monitor de TV, será ajustado automaticamente para a definição do mesmo (Upconvert ou Downconvert).

Definição Horizontal - É o nível de detalhamento que a imagem pode possuir na horizontal. É medida em número de pontos (pixels) e cada uma das linhas, padronizada no sistema ISDB em 720, 1280 e 1920 colunas ou pontos por linha.

Definição Vertical - É o nível de detalhamento que a imagem pode possuir na vertical. É medida em número de linhas horizontais, padronizada no sistema ISDB em 480, 720 e 1080 linhas.

Densidade - utilizado em fotografia para expressar a transmitância ou reflectância, da película fotográfica. Uma película que transmita metade da luz incidente, por exemplo, tem uma transmitância igual a 0,50, ou 50%, e uma densidade igual a 0,30.

Densitômetro - instrumento utilizado para medir a densidade de uma imagem fotográfica.

Dicróico - tipo de revestimento aplicado em espelhos ou lentes que filtra os raios infravermelhos, que transmitem o calor, sem afetar os outros comprimentos de onda do espectro luminoso. O espelho dicróico, por exemplo, possibilita concentrar no fotograma uma maior quantidade de luz, com menor quantidade de calor.

Digital Betacam - (Digibeta, d-beta, dbc) formato utilizado no segmento profissional. Desenvolvido em 1993 pela Sony, possui algumas semelhanças com o formato DV (também utiliza o algoritmo DCT no processo de digitalização da imagem por exemplo), mas, por ser voltado ao segmento profissional, possui características especiais para utilização neste meio. Assim, em comparação com o formato DV possui melhor qualidade de imagem ao utilizar menor compressão (1,6:1 para 5,0:1 no DV), maior frequencia de sampling na digitalização dos sinais UV de cor (6,75 Mhz para 3,37 Mhz no DV), maior banda para armazenar informações de cor (3 Mhz para 1,5 Mhz no DV), time code do tipo utilizado do meio profissional (SMPTE para Drop Frame no DV), cassete com maior capacidade e outros.

Display - É a tela da TV. Pode ser usado independente do sistema, bastando que seja acoplado ao receptor do padrão local de transmissão digital. Conceito parecido com o de monitor, utilizado em computadores. Mesmo os televisores do padrão americano ATSC, se possuírem entrada de áudio e vídeo externa, poderão ser utilizados se acoplados a um conversor do padrão brasileiro. Nesse caso, a entrada para antena do televisor ficará desligada e esse televisor será utilizado como display, ou monitor, pois a recepção do sinal será feita pelo conversor. A TV mostrará somente a imagem recebida pelo conversor.

Distância de projeção - distância entre a objetiva do projetor e a tela de projeção.

Dolby - marca do fabricante que desenvolveu e fabrica um sistema para redução de ruídos da trilha sonora dos filmes e para registro e reprodução de trilhas com som estereofônico, nos procedimentos analógico ou digital.

Downcover - Quando um televisor recebe sinal cuja definição é superior a da definição nativa, este é automaticamente ajustado, reduzindo a definição original do sinal.

DTS - sistema sonoro digital no qual a informação sonora é registrada em um CD- ROM, sincronizado às imagens através de um time code impresso fotograficamente na película cinematográfica, entre a trilha sonora ótica analógica convencional e o fotograma.

Dublagem - gravação de diálogos sincronizados com a cena, depois que esta foi filmada.

DVB - (Digital Vídeo Broadcasting) Padrão europeu de TV Digital. Foi desenvolvido depois do americano ATSC com o intuito de ampliar a competitividade entre a TV aberta e a TV por assinatura – TV via satélite (DTH) e TV a cabo. Sua principal aplicação é a transmissão de múltiplos programas em um só canal. Utiliza a modulação COFDM, também usada no sistema ISDB. Não é compatível com o sistema brasileiro de TV terrestre.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Eixo ótico (da projeção) - reta imaginária que passa pelo centro geométrico da lente - ou lentes - de projeção, lâmpada e espelho de projeção.

Emenda - procedimento utilizado para unir extremidades da película cinematográfica.

Emulsão - camada da película fotográfica sensível à luz, na qual é registrada a imagem do filme. espelho do projetor ou da lanterna: espelho de alta qualidade ótica e capacidade de reflexão, no formato de uma semi-esfera ou parábola, utilizado para concentrar a luz de projeção no fotograma que será projetado na tela.

Espelho frio - espelho dicróico que não reflete os comprimentos de onda das radiações infravermelhas.

Estrela (ou tribase) - dispositivo destinado a manter fixas as pernas do tripé da câmera.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Fantasma - “borrão” vertical na imagem, seja em baixo ou em cima, resultante de uma má regulagem do obturador em relação ao movimento do filme / problema da projeção quando formam-se pequenos halos - “fantasmas” - ao redor das imagens projetadas na tela.

Filme tridimensional - processo que transmite a ilusão de profundidade nos filmes. Também chamado de “3D”.
Filme virgem - película fotográfica não exposta nem processada.

Flicker - termo em inglês para cintilamento, usado para designar variações na intensidade luminosa na tela de projeção. Costuma-se dizer que a imagem está “flicando” / variações perceptíveis na intensidade luminosa da imagem projetada na tela. O mesmo que “cintilamento”.

Foco - diz-se que uma imagem está em foco, quando ela se apresenta nítida, com as bordas bem definidas.

Fora de quadro - defeito da projeção quando a imagem não está centrada na tela de projeção, ou quando a película não está posicionada corretamente no projetor e o espaço entre os fotogramas é projetado na tela. Nesses casos costuma-se dizer que a imagem está “fora de quadro”.

Formato da imagem - O formato atual de imagem mais comum é o 4:3. Porém, como algumas gravações de DVDs, por exemplo, são feitas na proporção 16:9 wide screen, criou-se também o 4:3 letter box, que cria faixas pretas nas extremidades superior e inferior da tela, reduzindo a imagem sem distorcê-la.

Formato de projeção - proporção entre a altura e a largura da imagem do filme na tela.

Fotocélula - dispositivo do projetor, que transforma variações na luz em variações em impulsos elétricos.

Fotômetro - instrumento utilizado para medição da intensidade luminosa.

Frame - termo em inglês para fotograma ou quadro.

Freqüência - o número de ciclos de um fenômeno que se repete a intervalos periódicos como, por exemplo, as ondas sonoras.

Fusão - a transição de uma cena para outra, na qual uma nova cena aparece gradualmente ao mesmo tempo que a primeira cena desaparece gradualmente.

Fusível - dispositivo de segurança utilizado para interromper ou desconectar um fluxo elétrico que exceda a capacidade de uma instalação elétrica ou equipamento.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Gelatina - folha de material transparente e colorido utilizado para modificar a luz dos refletores.

Grifa - nome do componente mecânico no formato de um garfo que introduz seus dentes nas perfurações da película cinematográfica para puxá-la em um movimento intermitente de “avança-e-pára”.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

HDMI - Este tipo de conexão permite que informações digitais de imagem e som sejam transmitidas juntas sem perda de dados. É a melhor solução no caso de alta definição e, futuramente, será o padrão para reprodução audiovisual. Já disponível em algumas TVs e alguns DVD players, de alta definição.

Horímetro - dispositivo das lanternas a xenon utilizadas para monitorar o tempo de utilização das lâmpadas.

Hot spot - termo em inglês que significa “mancha quente”, utilizado para designar áreas de maior concentração de luz na tela de projeção.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Infravermelho - parte do espectro eletromagnético com freqüência abaixo das freqüências luminosas visíveis pelo olho humano. As freqüências infravermelhas transmitem principalmente calor.

Instabilidade horizontal - defeito da projeção quando a imagem projetada na tela movimenta-se de um lado para o outro.

Instabilidade vertical - defeito da projeção quando a imagem projetada na tela movimenta-se para cima e para baixo.

Interlaced Scan - (i) (imagem entrelaçada) Embora as imagens que vemos nos televisores aparentem estar preenchendo toda a tela de uma só vez, são formadas em linhas. A imagem é chamada de entrelaçada porque são exibidas primeiramente todas as linhas ímpares (1, 3, 5, 7...), e, somente após o preenchimento de toda a tela, é iniciada a reprodução das linhas pares (2, 4, 6, 8...). A maioria dos televisores de cinescópio (tubo) disponíveis no mercado utiliza esta tecnologia.

Intermediate: internegativo (ou interpositivo) - utilizado como etapa intermediária na produção de cópias positivas (ou negativas).

Internegativo - negativo produzido a partir de uma cópia positiva original utilizado para fazer outras cópias.

Inversão de projetor - procedimento pelo qual o operador cinematográfico muda de um projetor para o outro durante a projeção, sem que o público perceba, para dar continuidade ao filme que está sendo exibido.

ISDB - (Integrated Services Digital Broadcasting) - É o padrão japonês de TV Digital. Dos três sistemas existentes, foi o último a ser desenvolvido e integra em suas aplicações a TV de alta definição (HDTV), múltiplas programações, TV móvel e portátil e datacasting. Foi desenvolvido para a convergência com outros aparelhos, como celulares 3G e computadores de mão, que, para tanto, deverão ser equipados com o chip receptor. Utiliza a modulação COFDM, também usada no sistema DVB, com algumas melhorias que tornam os dois sistemas incompatíveis.

ISDB-Tb - Recentemente, o SBTVD (Sistema Brasileiro de Televisão Digital) foi chamado de ISDTB-tb, pois a TV Digital no Brasil incorpora diversas tecnologias já são utilizadas na TV Digital do Japão, o ISDB-T (Integrated Services Digital Broadcasting Terestrial ou Serviço Integrado de Transmissão Digital Terrestre).
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Janela de projeção - placa de metal inserida no projetor, com a proporção correta do da imagem que deve ser projetada na tela.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

     
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Laçada - folga na película cinematográfica durante o seu carregamento na câmera de filmagem ou no projetor que tem por finalidade possibilitar o movimento intermitente da película. O mesmo que loop.

Lâmpada de tungstênio - tipo de lâmpada geralmente utilizado como fonte de luz dos projetores de 16 mm portáteis.

Lâmpada excitadora - lâmpada incandescente, alimentada por corrente contínua, que fornece a luz para leitura da trilha sonora ótica impressa na película / lâmpada excitadora: lâmpada utilizada como fonte luminosa de um sistema de leitura do registro sonoro ótico.

Lanterna a carvão - lanterna de projeção na qual se utiliza como fonte luminosa a descarga elétrica entre bastões de grafite ou outro composto de carbono.

Lanterna de projeção - caixa de metal na qual se instala a fonte de luz da projeção.

Lanterna xenon - nome genérico que se dá à lanterna de projeção que utiliza uma lâmpada a gás de xenônio como fonte de luz.

Legenda - texto com a tradução dos diálogos, superposto à imagem do filme, localizado na parte inferior do quadro.

Lente - dispositivo ótico utilizado para produzir uma imagem na tela, em uma película fotográfica ou cinematográfica, ou em um variedade de instrumentos óticos. Também pode ser usada para convergir (”concentrar”) ou divergir (”dispersar”) raios luminosos em diversas aplicações.

Lente anamórfica - tipo de lente com diferentes magnificasses nas dimensões vertical e horizontal da imagem. A lente anamórfica usada na filmagem comprime a largura da imagem, reduzindo-a, aproximadamente, à metade do valor original. A lente anamórfica utilizada na projeção faz o inverso, praticamente duplicando a largura da imagem registrada no fotograma, para que a imagem projetada corresponda à imagem original.

Lente plana - qualquer lente não anamórfica.

Líder - pedaço da película cinematográfica utilizado para identificar cada rolo do filme.

Locação - local de filmagem que não seja em estúdio.

Loop - folga na película cinematográfica durante o seu carregamento na câmera de filmagem ou no projetor que tem por finalidade possibilitar o movimento intermitente da película. O mesmo que “laçada”.

Luminosidade da tela - a luminosidade do feixe de luz de projeção refletido pela tela.

Luz parasita - luz indesejável proveniente de lâmpadas não protegidas, reflexos, portas abertas, etc.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Magazine - compartimento fechado do projetor no qual fica o rolo de película para projeção ou remoção.

Maquinista - profissional responsável pela operação da maquinaria de filmagem, tais como grua, travelling, etc.

Marcas de inversão - marcas impressas na película para lembrar o operador cinematográfico que o final do rolo se aproxima, para que ele possa fazer a inversão dos projetores.

Master positivo - cópia feita a partir do negativo original para se produzir um contratipo negativo.

Mesa de edição - equipamento utilizado para montar ou editar a imagem ou o som do filme. mixagem: etapa da finalização de um filme onde os sons do filme, até então registrados em diferentes trilhas, são combinados, ajustados e regravados em uma única trilha.

Modulação - É o processo em que certas características de uma onda eletromagnética (também chamada de portadora) variam de acordo com uma mensagem que se deseja transmitir. Ou seja, o termo técnico que descreve a maneira como a informação é “empacotada para viagem”. Quando se faz uma transmissão, o sinal pode sofrer uma série de interferências e degradações. A modulação é responsável pela “proteção” do sinal, de modo que a informação originalmente transmitida possa ser reconstruída da maneira mais fiel possível.

Moldura (ou máscara) da tela - moldura, móvel ou fixa, colocada nas extremidades da tela para ajustar suas dimensões às da imagem projetada.

Monitor de áudio - conjunto de alto-falantes utilizados para reprodução sonora.

Montagem - processo para combinação das cenas filmadas na seqüência desejada para o filme quando pronto.

Montagem A e B - técnica de montagem de negativos ou filmes reversíveis em rolos separados para eliminar a reprodução de emendas e facilitar a copiagem de efeitos óticos, fades, fusões, etc.

Montagem do negativo - operação na qual os negativos originais do filme, e outros negativos, são unidos na seqüência desejada para o filme.

Movimento intermitente - deslocamento da película na câmera ou no projetor, no qual o filme avança quadro a quadro e, após cada deslocamento, permanece imóvel em frente à janela no tempo suficiente para ser exposto ou projetado.

Moviola - nome de um fabricante de mesas de edição verticais, geralmente utilizado como designação genérica para esse tipo de equipamento.

Multicasting - (ou Múltipla programação) É a possibilidade de transmitir mais de um programa ao mesmo tempo em um mesmo canal. Permite ao telespectador escolher entre vários programas ou ângulos de câmera. Com o multicasting, uma dona de casa poderá escolher entre ver um programa de receitas pela manhã ou deixar seus filhos assistirem a outra programação, que está sendo transmitida ao mesmo tempo e no mesmo canal. Em outra aplicação de multicasting, o espectador de uma partida de futebol poderá escolher o ângulo / câmera que deseja acompanhar, pois os sinais de várias câmeras serão transmitidos no mesmo canal.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Negativo - filme com as imagens registradas com distribuição tonal reversa às do original, a partir do qual são feitas as cópias do filme.

Negativo da imagem - película contendo os negativos das imagens filmadas.

Negativo das legendas - negativo que só contém as imagens das legendas, a serem superpostas às imagens do filme durante a copiagem.

Negativo do som - filme com as imagens negativas do som ótico.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Obturador - disco metálico circular e plano com setores abertos destinados à passagem da luz durante o movimento do filme na câmera, ou no projetor, utilizado para interromper o fluxo no momento em que a película é movimentada na câmera, ou no projetor, para expor o fotograma seguinte.

One-Seg - (ou 1-SEG. Receptor de 1 segmento) - A modulação do sistema japonês adotada no Brasil (BST-ODFM) divide por canal de TV 13 segmentos: pode-se utilizar 12 segmentos para enviar sinais de áudio e de vídeo em alta definição, dados ou multiprogramação, e utilizar o segmento central para enviar áudio e vídeo em baixa definição e dados a dispositivos móveis, como celulares e TVs portáteis. One-Seg é o receptor capaz de receber apenas o sinal destinado aos receptores portáteis.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Padrão de transmissão de TV Digital - Sistema digital que será usado na transmissão da TV Digital. Ao contrário da TV analógica, na qual o sistema escolhido tinha que ser usado desde a produção nos estúdios de TV até o aparelho na casa do telespectador. A maioria das emissoras já usa equipamentos digitais em seus estúdios, que independem do sistema a ser escolhido e dos displays digitais já existentes.

Patins - dispositivo que mantém o filme pressionado contra os tambores dentados (sprocket) da câmera ou projetor.

Perfuração - orifícios na película cinematográfica nos quais se encaixam os dentes do mecanismo intermitente do projetor para tracioná-la durante a projeção.

Pixel - É a aglutinação de picture element, sendo que picture, do inglês, é abreviado por pix. O pixel é o menor ponto em uma imagem. Possui três pontos de cores (vermelho, verde e azul). Assim consegue reproduzir 256 tonalidades de cores (equivalente a 8 bits). A combinação de muitos pixels gera uma imagem. Quanto maior o número de pixels, mais definida é esta imagem. O pixel está diretamente ligado à definição. Quando falamos em "768 x 1024", estamos nos referindo ao número vertical de pixels vezes o número horizontal em uma linha. Essa definição geram uma imagem de 786.432 pixels.

Plano de filmagem - É a planificação e o gerenciamento da produção propriamente dita. Especifica as tarefas, os prazos, os custos e os responsáveis pela pré-produção, produção, filmagem, montagem, mixagem, finalização e a previsão da primeira cópia do filme. O plano de filmagem é montado pelo produtor executivo e o diretor.

Ponte preta - parte da película, totalmente preta, colocada no início do rolo de um filme para proteção da película no momento de carregá-lo ou descarregá-lo.

Potenciômetro - instrumento para regulagem do nível sonoro durante a gravação ou a reprodução.

Prazo de transição - A transição para a TV Digital será gradual. Os dois sistemas coexistirão, ou seja, as emissoras terão uma transmissão analógica e outra digital durante vários anos, de forma que o telespectador tenha tempo de se adaptar ao novo sistema digital, adquirindo um novo receptor ou TV compatível.

Progressive Scan - (p) (imagem progressiva) Alguns televisores ou geradores de imagem possuem este sistema de processamento de sinal. Neste caso, ao contrário do sistema entrelaçado, cada quadro de imagem é formado seqüencialmente, gerando melhoria considerável na qualidade de imagem. Grande parte das TV’s de LCD e Plasma disponíveis no mercado já incorporam esta tecnologia.

Projecionista - profissional responsável pela operação dos equipamentos de projeção. Operador cinematográfico.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Quadro compressor - componente do projetor utilizado para pressionar levemente o filme contra o patins.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

RCA - ver Vídeo Composto.

Rebobinadeira - equipamento usado para rebobinar a película cinematográfica, de um rolo para outro, antes ou depois da projeção. O mesmo que enroladeira.

Receptor de 1 Segmento - ver One-Seg.

Redução - copiagem na qual as imagens são reduzidas para uma bitola inferior, como por exemplo reduzir de 35mm para 16mm.

Redução de ruídos - procedimento utilizado em sistemas de som, incluindo cinema, que tem por objetivo eliminar qualquer som que não faça parte da trilha sonora do filme.

Resolução - Número de linhas horizontais que uma TV é capaz de reproduzir, sendo a imagem produzida tanto na forma progressiva quanto na forma entrelaçada. É medida em linhas de resolução horizontais, padronizada no sistema ISDB em 480, 720 e 1080 linhas.

Resolução Nativa - É a resolução que o televisor ou monitor de TV foi projetado para exibir. Caso a resolução do sinal recebido seja maior ou menor que a resolução nativa do televisor ou monitor de TV, este será ajustado automaticamente para a resolução do mesmo (Upconvert ou Downconvert).

Resposta de freqüência - a capacidade de um equipamento em transmitir ou reproduzir as freqüências de um registro sonoro.

Retificador - equipamento que transforma a corrente alternada, fornecida pelas companhias elétricas, em corrente contínua, para alimentar as lanternas a xenon ou a “carvão”.

Reversível - película na qual, após revelação, as imagens aparecem na polaridade correta, e não com negativos.

Rolete dentado - componente no formato de um cilindro de metal com dentes que se encaixam nas perfurações da película cinematográfica para movimentá-la no projetor durante a projeção.

Rolete liso - componente no formato de um cilindro de metal utilizado para guiar a película cinematográfica no projetor.

Roteiro - documento contendo a descrição detalhada das cenas, cenários, ações e diálogos de um filme.

Ruído - qualquer sinal indesejável. Geralmente utilizado em oposição a som.

Ruído de fundo - os componentes indesejáveis de um registro sonoro, consistindo de sons parasitas captados durante a gravação e ruídos gerados pelo equipamento eletrônico.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

SDDS - sistema sonoro digital da Sony, no qual a informação sonora é registrada fotograficamente nas duas bordas da película, no espaço entre as perfurações e as extremidades da película.

Sincronismo (ou “sinc”) - sincronismo correto entre as imagens do filme e os seus respectivos sons.

Som digital - sistema de registro e reprodução sonora no qual os sons são registrados através de codificação matemática.

Som estereofônico - tipo de registro e reprodução sonora na qual os sons são divididos em diversos canais independentes.

Som magnético - processo no qual a trilha sonora do filme é registrada em uma fita magnética colada em laboratório sobre a película cinematográfica.

Som monofônico - sistema sonoro no qual todas as informações sonoras do filme são registradas em uma única pista, ou canal, e são reproduzidas por um mesmo conjunto de monitores de áudio.

Som ótico - registro sonoro feito pela conversão das modulações do som em uma imagem fotográfica que é reconvertida em modulações elétricas durante a reprodução sonora.

SR-D - sistema sonoro digital dos laboratórios Dolby, no qual a informação sonora é registrada fotograficamente através de uma série de pontos no espaço entre perfurações da película cinematográfica.

Start - fotogramas nos quais são marcados visualmente o início da imagem e do som do filme, permitindo assim a sincronização de ambos durante a projeção.

Sub-woofer - nome em inglês que se dá aos monitores de áudio utilizados para reprodução das freqüências sonoras muito baixas, também chamados “subgraves”.

Suporte - material plástico flexível, usualmente transparente, da película cinematográfica sobre o qual podem ser aplicados uma emulsão fotográfica ou outras substâncias. Também chamada “base”.

Surround - termo em inglês para designar o canal ambiente da trilha dos filmes.

 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

T-Commerce - (ou Television-Commerce) Com a TV Digital, será possível comprar determinados produtos através da TV. No futuro, alguém interessado na trilha sonora de um filme ou de uma novela, por exemplo, poderá comprar o CD sem sair de casa ou da frente do televisor.

Tambor de tração - tambor dentado do projetor que movimenta o filme de forma intermitente, posicionando o quadro da imagem em frente à janela de projeção para ser projetado.

Tambor debitador - tambor dentado que leva o filme à área da janela dos projetores, câmeras, copiadoras, etc.

Tela (de projeção) - superfície, geralmente de material plástico flexível, utilizado como suporte da imagem durante a projeção.

Tela perfurada - tela de projeção com pequenos orifícios em toda a sua extensão, utilizada quando se deseja instalar os monitores de áudio atrás da tela para, dessa forma, dar ao espectador a impressão deque o som e a imagem do filme se originam no mesmo ponto.

Tela perolizada - tela de projeção cuja superfície contém elementos esféricos possibilitando controlar a diretividade da reflexão da luz de projeção.

Telecinagem - transferência da imagem fílmica para sinal digital e imagem em vídeo.

Televisor Analógico - Possui um sintonizador interno que permite receber as transmissões analógicas, mas não recebe transmissões digitais, necessitando, para isso, de um conversor digital (Set-Top-Box).

Televisor Digital - Possui sintonizador um sintonizador interno que permite receber as transmissões digitais sem necessidade de um conversor digital. Também pode receber transmissões analógicas.

Televisor HD Ready - Possui sintonizador analógico, mas é capaz de reproduzir imagens com definição de 720 ou 1080 linhas horizontais. Com um conversor digital ISDB-Tb, poderá exibir imagens de alta definição transmitidas pelas emissoras de TV Digital no Brasil.

Televisor HDTV - (High Definition TV ou TV de alta definição) Capaz de reproduzir imagens com definição de 720 ou 1080 linhas horizontais. Os modelos cuja definição nativa é de 1080 linhas, se possuírem a função progressive scan, podendo exibir imagens com 1080 linhas de definição horizontal progressiva (1080p), são conhecidos como Full HD. Quando utilizados em fontes de sinal 1080i (ex: transmissões em HD) ou 1080p (ex: DVD de alta definição, HD-DVD ou Blue-Ray Disc), podem exibir a melhor definição disponível em alta definição.

Televisor ISDB-Tb Integrado - (conversor digital integrado) Independente de sua tecnologia (CRT, Plasma, LCD ou Projeção), é aquele que possui o conversor digital integrado. Isso significa que pode receber sinais de TV Digital no padrão ISDB-Tb (padrão de TV Digital adotado no Brasil), diretamente da antena, sem necessidade de outro equipamento para converter o sinal (conversor).

Televisor SDTV - (Standard Definition TV) - Possui definição nativa de 480 linhas horizontais. A maior parte dos televisores presentes no mercado pode reproduzir sinais com 480 linhas entrelaçadas (480i). Com a transmissão digital, a qualidade de imagem destes televisores será a mesma que eles apresentam quando conectados a um DVD. O conceito SDTV tem relação com a qualidade de imagem e não com o fato do produto ser digital ou analógico. UM produto SDTV pode ter um sintonizador digital.

Temperatura de cor - método utilizado para descrever a cor de uma fonte luminosa através de um único número, expresso em graus Kelvin, K.

Time code - termo inglês que significa “código de tempo”, utilizado para registrar a localização de cada fotograma do filme para sincronização com o som.

Torre (das lentes) - disco giratório, posicionado em frente à câmera ou projetor, no qual são instaladas diversas lentes com diferentes distâncias focais.

Transmissão terrestre - Através de ondas de rádio, os sinais analógicos ou digitais são transmitidos pelo ar a partir das antenas terrestres (diferentemente dos satélites, que ficam no espaço) e necessitam de antenas e receptores apropriados para a sua recepção.

Trilha sonora - parte da película cinematográfica na qual é registrado o som dos filmes.

TV a cabo - Sistema que distribui conteúdo audiovisual via cabos. É transmitido por uma operadora, que recebe este conteúdo, nacional ou internacional, e o distribui às casas que pagam mensalmente pelo serviço. Normalmente tem um número significativo de canais disponibilizados.

TV aberta - Sistema que emite livremente conteúdo audiovisual, sem encargos e taxas para o telespectador. Para ter acesso a este conteúdo, basta que a TV esteja conectada à rede elétrica (tomada, gerador ou bateria) e situada dentro da área de cobertura de alguma emissora aberta.

TV analógica – Transmissão (sinal aberto) - É o sinal de TV terrestre transmitido de forma analógica. É comum ocorrer perda de qualidade no processo de transmissão / recepção, ocasionando ruídos e interferências na imagem recebida.

TV de projeção - Funciona como um projetor, porém, a imagem é gerada invertida e projetada na parte de traz da tela do televisor. Assim, vemos a imagem não mais invertida do outro lado. Nos projetores, uma luz muito forte passa por espelhos que a filtram em três cores. Estas se unem e são projetadas para formar a imagem.

TV de tubo - (CRT) - CRT é um acrônimo para a expressão inglesa cathode ray tube, que em português significa “tubo de raios catódicos”. Também conhecidos como Cinescópio.

TV ISDB-Tb Digital – Transmissão (sinal aberto) - Sinal de TV terrestre transmitido de forma digital. O grande benefício deste sistema é que não há perda de qualidade no processo de transmissão. Imagem e áudio permanecem 100% com a qualidade do sinal original, eliminando ruídos e interferências características do sistema analógico.

TV LCD - Um feixe de luz passa por pequenas células que contém cristal líquido (daí o nome Liquid Crystal Display) controlado por uma corrente elétrica. Assim são geradas as três cores básicas para a formação de imagens vermelho, verde e azul.

TV Móvel - É a possibilidade de captar os sinais de TV em dispositivos em movimento: ônibus, trens, metrô, carros, barcos etc.

TV Plasma - No painel de plasma, encontramos pequeninas células que contém uma mistura de gazes. Quando uma corrente elétrica passa por essas células, excita o gás, que passa para o estado plasma, gerando luz.

TV Portátil - É a recepção em equipamentos portáteis, que podem ou não estar em movimento. Exemplo: televisores e computadores de mão equipados com receptor de TV ou telefones celulares equipados com chip receptor, nos quais o espectador pode assistir à programação deslocando-se ou não.

TV Via Satélite - Com o avanço da tecnologia foi possível receber o sinal diretamente via satélite nos domicílios. Um satélite recebe a transmissão de outros satélites ou de uma central terrestre, e retransmite para as casas que possuem uma antena específica apontada para ele. É um serviço pago.

Tweeter - nome em inglês que se dá aos monitores de áudio utilizados para reprodução das altas freqüências sonoras, os “agudos”.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

UHF - (Ultra High Frequency) Freqüência Ultra Alta, faixa de rádio freqüência usada para propagação do sinal de TV digital.

Ultravioleta - parte do espectro eletromagnético com freqüência acima da faixa de freqüências luminosas visíveis.

Upconvert - Quando o televisor recebe o sinal cuja definição é inferior à sua definição nativa, este é automaticamente ajustado. Por exemplo: se o sinal tiver 480 linhas e a TV tiver definição nativa de 1080 linhas, este acrescentará linhas intermediárias e exibirá 1080 linhas.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

VHF - (Very High Frequency) Freqüência Muito Alta.

Vídeo Componente - Para transmissões de imagem é necessário que informações sobre cor e imagem cheguem ao aparelho em que vai ocorrer a reprodução. Há várias opções. Uma delas é o vídeo componente, onde são usados três conectores, chamados Y (conector verde), Pb (Cb ou ainda B-Y, conector azul) e Pr (Luminância, Cr ou ainda R-Y, conector vermelho). No conector Y são transmitidas as informações de imagem em preto e branco, enquanto nos outros dois conectores são transmitidas as informações de cor. Assim, é reproduzida uma imagem superior às que se conseguiria usando outras conexões, com S-Video e vídeo composto (composite RCA).

Vídeo Composto - (Composite ou Composto) - Nesse padrão, o sinal de vídeo é transmitido apenas por um fio, misturando informações de imagem e cor no mesmo sinal. Por este motivo, tem a pior qualidade de imagem para transmissões de vídeo usando o cabo. É um dos tipos mais populares de conexão de vídeo e utiliza conector RCA (Radio Corporation of América, empresa que introduziu esse tipo de conector no mercado, em meados dos anos 40). A informação percorre por um fio interno, depois vem a blindagem e, em seguida, o isolamento de borracha.

Visionamento - exame crítico do filme durante a projeção.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

Woofer - nome em inglês que se dá aos monitores de áudio utilizados para reprodução das baixas freqüências sonoras, os “graves”.
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

   
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

   
 

Clique para abrir ou fechar esta categoria

   
 

 

 

» Acessórios
» Adaptadores de lentes
» Baterias
» Câmera de Alta Definição - Cinema Digital
» Câmeras de Vídeo
» Câmeras Fotográficas
» Câmeras Portáteis
» Carregadores
» Cartões de Memória
» Drives
» Filtros
» Handycams
» Lentes
» Mattebox
» Remotes
» Tripés
» Viewfinder

» Acessórios de Video
» Monitores
» Projetores
» Sistemas de Corte
» Teleprompters
» VTs

» Acessórios de Áudio
» Gravadores
» Headphones
» Intercomunicadores
» Microfones com fio
» Microfones Direcionais
» Microfones sem fio
» Mixers
» Ponto Eletrônico

» Acessórios
» Kits de Iluminação
» Rebatedores
» Refletores
» Sungun
» Tripés de Luz

» Edição
» Finalização
» Informática


» Cabos
» Carrinho para transporte
» Claquete
» Maquinário
» Praticáveis
» Suporte de Câmera
» Três Tabelas


Institucional

» A Empresa
» Atendimento
» Youle Filmes

Menu do Cliente

» Solicite um Orçamento
» Glossário
» Dicas & Notícias
» Cadastro de Profissionais

Youle nas Redes Sociais

Facebook  Facebook  Orkut  Orkut
MVA Web | Seu Site Começa Aqui!

 
© 2011 - Youle Serviços de Locação / Política de Privacidade / Termos e Condições de Uso